O que é Bullet Journal: Benefícios e dicas de como criar o seu

bullet journal caderno

Sucesso nas redes sociais, o Bullet Journal é uma maneira criativa, lúdica e personalizada de organizar o seu dia a dia, de acordo com suas tarefas, demandas, hábitos e objetivos.

Em dias cada vez mais corridos, tem se tornado recorrente a adoção de técnicas e objetos de como se organizar melhor. Da já canônica agenda anual que adquirimos em papelarias, até aplicativos de checklists de tarefas, ter uma espécie de mapa organizacional ajuda e muito a planejar todas as suas atividades. 

O Bullet Journal é uma dessas opções. Por que tal sistema de organização tem ganhado cada vez mais espaço? Confira!

Afinal, o que é Bullet Journal e como funciona?

Trata-se de um método de organização, ideal para quem não consegue se identificar com as agendas tradicionais e o seu engessamento. A proposta do BuJo (como também é conhecido) tem como fundamento, inclusive, a personalização. 

Esse método se estrutura em folhas personalizadas de um caderno, onde são depositados seus afazeres, obrigações, e possibilita inclusive que você reveja suas marcações, em caso de  mudanças de planos, por exemplo. 

Isso porque seu funcionamento é bem simples: é como uma agenda, com espaço para personalização, recados e anotações (podemos até arriscar dizer que ele flerta também com um diário). Por ser em um caderno, e algo que você adapta a metodologia de acordo com seu gosto e rotina, são múltiplas as possibilidades! Ao longo do texto, explicaremos como fazer um bom Bullet Journal para que ele resolva qualquer problema de desorganização.

Conheça alguns benefícios do Bullet Journal

bullet journal como fazer

Esse caderninho vai ser um ótimo aliado para você se programar. Isso porque ele permite que você se planeje de forma personalizada, como mencionamos. Você pode, por exemplo, criar uma sessão de estudos e outra de trabalho. Você pode anotar sobre suas contas, sobre seus projetos pessoais. É livre! O BuJo abrange sua rotina, seja qual for.

Trata-se de uma prática terapêutica

Ao contrário de uma agenda convencional, um Bullet Journal pode ainda ter benefícios terapêuticos. Para começar, é uma forma de expressão. Você o deixa com a sua cara e se expressa como quiser. Ele pode ser um momento de encontro com você mesmo, com sua rotina e com o que mais você quiser ali colocar. Além disso, ele é muito utilizado em aliança ao lúdico, utilizando diversos materiais de papelaria para personalizá-lo e deixá-lo leve e alegre. 

Um aliado, na ausência da tecnologia

O Bullet Journal pode ser feito e carregado para onde quiser. Na ausência de tecnologia, basta ele e uma caneta e você se mantém sempre organizado. Além disso, sua utilização pode também trazer um instante fora das telas, o que pode contribuir inclusive para criar um momento em prol do benefício anterior. 

Tenha o controle do seu tempo

Surgiu algum imprevisto? Com seu caderno você consegue remanejar seus compromissos, inclusive sinalizando quais foram os adiamentos. Assim, tenha sempre aos olhos uma perspectiva sobre o seu controle do tempo: se você está adiando muitos compromissos, procrastinando, utilizando o seu tempo de uma maneira improdutiva, se está tendo um tempo para lazer e para o cuidado com si próprio. 

Dicas para criar o Bullet Journal perfeito para você

bullet journal ideias

Está gostando desse gadget e quer adotá-lo? Confira as dicas abaixo para ajudar a ter o melhor BuJo e a não deixar você desistir no meio do processo. 

Entenda o objetivo central de um Bullet Journal

Esse passo é primordial. Identifique-se com aquilo que você está construindo. Se pergunte por que esse pode ser o seu melhor método de organização, por que você precisa de um, como você quer confeccioná-lo – somente com agendamentos? Incluir anotações? Separo em seções?

O objetivo de um Bullet Journal é te ajudar a se organizar, então aproveite sua possibilidade de personalização para que ele cumpra exatamente o papel que deve ter na sua demanda ou na sua rotina.

Escolha o tipo de caderno ideal para você

Qual sua preferência de caderno? Qual aquele que esteticamente te agrada? Qual o tamanho ideal para seu uso caso você queira somente deixar em casa ou carregar para onde quiser? O BuJo deve ser a sua cara não apenas no seu conteúdo, por isso escolha o caderno que mais te atende e te agrada.  

Elenque símbolos de organização

A utilização de símbolos pode te ajudar e muito a se organizar. Para isso, utilize símbolos comuns do dia a dia (pontos, símbolos matemáticos, pequenos desenhos para diferentes tipos de status das ações: adiadas, concluídas, parcialmente concluídas, canceladas, retomadas (em caso de atividades adiadas), a escolha é sua, o estímulo visual sempre conta.

Na Web você encontra possibilidades e listas de legendas mais utilizadas, mas que tal adaptar ao que mais combina com você?

Defina as sessões do Bullet Journal

Bullet Journal

O criador dessa técnica, Ryder Carroll definiu algumas sessões que funcionam como um mapa para ler com clareza os seus tópicos. 

Normalmente ele possui Índice (que pode ser preenchido ao longo dos dias, reserve duas páginas), uma página de legendas (com os símbolos que falamos há pouco), um log do futuro (sessão reservada para anotar, de forma sucinta, afazeres importantes dos próximos seis meses), logo mensal (onde cada pauta da folha representa um dia do mês e o compromisso mais importante, colocar após o log do futuro) e o log diário (sem limites de páginas, colocá-lo sempre após um log mensal e ir detalhando melhor o que ocorreu durante o dia). 

Mas, como estamos falando ao longo de todo o texto, você é livre! Adicione, se quiser, sessões extras que contemplem o seu modo de vida, como listas de filmes, músicas e séries para curtir!

Monte o Layout do seu Bullet Journal

Além de prático, o Bullet Journal tem a premissa de ser a sua cara, sendo assim, fique a vontade para caprichar na decoração dele. Use cores, imagens e símbolos personalizados caso queira. 

Contudo, não se cobre tanto nesse aspecto, se cobrar para que o BoJu fique extremamente perfeito acaba tirando a funcionalidade da praticidade que essa ferramenta trouxe. É importante dosar para que, como falamos, seja terapêutico.

Entenda a diferença entre Planner e Bullet Journal

Ambos trazem a mesma ideia, a organização. Ao contrário do BuJo, o Planner funciona mais como agenda e calendário que é preenchido anualmente, semanalmente ou todos os dias, possibilitando a anotação dos afazeres no dia a dia. 

Como falamos anteriormente, o BuJo traz uma agenda/diário. Sendo assim é possível organizar a sua semana e confidenciar suas necessidades e devaneios que ocorreram durante o dia. Além do mais, ele ainda permite a criação das legendas para entender melhor o porquê das tarefas terem sido canceladas ou adiadas. 

Bullet Journal: como comprar – conheça as opções da PomboShop

Na PomboShop temos diversos modelos e dos mais variados tamanhos e cores. Com um preço especial, você consegue adquirir um BuJo que seja a sua cara. Aproveite e olhe os demais produtos que podem intensificar a sua otimização diária!

CONCLUSÃO

O nosso dia-a-dia é tão corrido que acabamos nos atrapalhando entre uma tarefa e outra. A procrastinação aumenta e cancelar afazeres vira rotina. Portanto, nada melhor do que ter um Bullet Journal para ajudar a organizar sua semana. 

Esse material de simples manuseio e que será um auxiliar importante na hora de definir sua prioridades, e claro, ficando a sua cara. Explore sua criatividade com as opções de Bullet Journal da PomboShop e deixe sua semana muito mais otimizada!